fbpx Amato Consultório Médico | Amato Software

Amato Consultório Médico

Subscribe to Amato Consultório Médico feed Amato Consultório Médico
Instituto de Medicina Avançada
Updated: 18 min 46 sec ago

Hospital dia diminui ansiedade, dor e tempo de espera

Sun, 05/24/2020 - 10:08

É bem conhecido e estabelecido que o aumento no tempo de espera em um hospital pode aumentar a ansiedade e consequentemente a dor.

Hospital dia tem por definição do próprio modelo a necessidade de entregar o resultado mais rápido, portanto a diminuição do tempo de espera é fundamental no processo.

Tempo de internação
com alta precoce

Bibliografia

Anxiety of patients in the waiting room of the emergency department

var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Hospital dia diminui ansiedade, dor e tempo de espera apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

0% de Infecção hospitalar

Sun, 05/24/2020 - 09:48

Nossa taxa de 0% de infecção hospitalar nos últimos 5 anos é uma das nossas principais razões para comemorar, e também uma das principais razões para os pacientes optarem por nossa estrutura ao decidir fazer um tratamento cirúrgico.

No Brasil, estima-se que a taxa de infecções hospitalares atinja 14% das internações, de acordo com o Ministério da Saúde. O simples ato dos profissionais de saúde lavarem as mãos é fundamental para evitar essas infecções.

Nosso centro cirúrgico se orgulha de manter, há 5 anos, taxa de infecção de 0%.

As infecções são provocadas por micro-organismos que se aproveitam de fragilidades no sistema imunológico de quem está em tratamento hospitalar. Entre os tipos mais comuns estão as infecções urinária e na corrente sanguínea associadas ao uso de cateter e a pneumonia associada à ventilação mecânica, segundo o Ministério da Saúde.

Nosso centro cirúrgico tem
de infecção hospitalar

Um estudo da Organização Mundial de Saúde demonstrou que a maior prevalência ocorre em unidades de terapia intensiva, em enfermarias cirúrgicas e alas de ortopedia.

As ações de controle de infecção hospitalar em escala nacional são coordenadas pela Anvisa. Os hospitais, tanto da rede pública quanto privada, precisam notificar a agência sobre os casos e estados e municípios desenvolver ações de prevenção e controle. A agência é responsável pelo Programa Nacional de Prevenção e Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde.

Em Hospitais gerais privados de ponta essa taxa de infecção hospitalar fica em torno de 3 a 5%, pois não é possível separar os pacientes com infecção dos pacientes não infectados.

Não há um segredo de como é possível chegar à taxa de zero de infecção hospitalar. Isso é possível apenas por causa da forma como um hospital dia de verdade funciona:

  • Seleção de pacientes aptos criteriosa.
    • Não são realizadas cirurgias em pacientes infectados sobrepostas à outras cirurgias
  • Menor movimentação de funcionários e pacientes
  • Equipes pequenas, ágeis e entrosadas

Bibliografia

Agencia Brasil

ANVISA

var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post 0% de Infecção hospitalar apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

5 Dicas Vasculares Para Sua Quarentena

Fri, 04/17/2020 - 13:18
Está de quarentena por causa do coronavírus? Dicas para manter sua saúde vascular e mental durante esse período difícil. Está com medo do covid19.  

    O Prof. Dr. Alexandre Amato (CRM108651) é professor de cirurgia vascular da UNISA e chefe da cirurgia vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br). Cirurgião Vascular e Varizes?‍⚕Especialista em Lipedema, Doutor (PhD) pela USP?Médico Assist. Hosp. San Raffaele – Milão 2008 ?? Prof. da UNISA?‍??11 50532222 Escreveu vários livros (http://bit.ly/3abqUOS), e está dando esse de presente para você: http://bit.ly/HistoriaCirurgia, aproveite Siga no Facebook: http://bit.ly/2QIz35A Instagram: http://bit.ly/dr_amato Twitter: http://bit.ly/2scWbQ6 LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3 WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt   Quer ver o Currículo Lattes dele? http://bit.ly/2tPRA6Y    Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post 5 Dicas Vasculares Para Sua Quarentena apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Consultas Durante a Quarentena com Ginecologista

Fri, 04/17/2020 - 13:15
 

  Dra. Juliana Lelis S. Amato (CRM106072) é Ginecologista e Obstetra. É chefe da Reprodução Humana do Instituto Amato (www.amato.com.br). Enquanto não está cuidando das suas pacientes, e fazendo FIVs, está cuidando de sua familia?‍?‍?‍?. É mãe, apaixonada pela natureza????, bem estar e estilo de vida saudável?. Escreveu o livro “Em busca da fertilidade.” (http://bit.ly/2sj9H4X), e autora do site fertilidade.org Instagram: http://bit.ly/dra_amato Facebook: http://bit.ly/36Q76yc Twitter: http://bit.ly/2RaylNp LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3 WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt   Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Consultas Durante a Quarentena com Ginecologista apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Coronavírus e Doenças Vasculares, tenho risco maior?

Fri, 04/17/2020 - 12:51
Dr Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br) fala sobre a influência do coronavírus nas doenças vasculares e o que você deve fazer para se prevenir.  

O Prof. Dr. Alexandre Amato (CRM108651) é professor de cirurgia vascular da UNISA e chefe da cirurgia vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br). Cirurgião Vascular e Varizes?‍⚕Especialista em Lipedema, Doutor (PhD) pela USP?Médico Assist. Hosp. San Raffaele – Milão 2008 ?? Prof. da UNISA?‍??11 50532222 Escreveu vários livros (http://bit.ly/3abqUOS), e está dando esse de presente para você: http://bit.ly/HistoriaCirurgia, aproveite Siga no Facebook: http://bit.ly/2QIz35A Instagram: http://bit.ly/dr_amato Twitter: http://bit.ly/2scWbQ6 LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3 WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt   Quer ver o Currículo Lattes dele? http://bit.ly/2tPRA6Y    Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Coronavírus e Doenças Vasculares, tenho risco maior? apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Musculação Causa Varizes?

Fri, 04/17/2020 - 12:49

Musculação Causa Varizes? Veias dilatadas nas pernas e braços! É bom ou não?

 

Dúvida muito comum é se pode ou não fazer musculação por causa das varizes, e se musculação causa varizes. O Dr Alexandre Amato explica isso nesse video muito legal!  

  O Prof. Dr. Alexandre Amato (CRM108651) é professor de cirurgia vascular da UNISA e chefe da cirurgia vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br). Cirurgião Vascular e Varizes?‍⚕Especialista em Lipedema, Doutor (PhD) pela USP?Médico Assist. Hosp. San Raffaele – Milão 2008 ?? Prof. da UNISA?‍??11 50532222 Escreveu vários livros (http://bit.ly/3abqUOS), e está dando esse de presente para você: http://bit.ly/HistoriaCirurgia, aproveite Siga no Facebook: http://bit.ly/2QIz35A Instagram: http://bit.ly/dr_amato Twitter: http://bit.ly/2scWbQ6 LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3 WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt   Quer ver o Currículo Lattes dele? http://bit.ly/2tPRA6Y    Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Musculação Causa Varizes? apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Gestantes: Cuidados Durante a Quarentena

Fri, 04/17/2020 - 10:13

Sejam bem vindos ao canal do Instituto Amato! Eu sou a Dra Juliana Amato, Ginecologista e Obstetra no Instituto Amato, e vou falar um pouco sobre quais os cuidados que as gestantes devem ter neste período de quarentena, vamos lá?

 

 

Dra. Juliana Lelis S. Amato (CRM106072) é Ginecologista e Obstetra. É chefe da Reprodução Humana do Instituto Amato (www.amato.com.br). Enquanto não está cuidando das suas pacientes, e fazendo FIVs, está cuidando de sua familia?‍?‍?‍?. É mãe, apaixonada pela natureza????, bem estar e estilo de vida saudável?. Escreveu o livro “Em busca da fertilidade.” (http://bit.ly/2sj9H4X), e autora do site fertilidade.org Instagram: http://bit.ly/dra_amato Facebook: http://bit.ly/36Q76yc Twitter: http://bit.ly/2RaylNp LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3 WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br

var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Gestantes: Cuidados Durante a Quarentena apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Dicas Para Evitar a Candidíase! Chega de corrimento

Fri, 04/17/2020 - 09:55

Dra Juliana Amato, ginecologista e obstetra, dá algumas dicas para evitar a candidíase de repetição, neste período de isolamento social.

 

 

 

Dra. Juliana Lelis S. Amato (CRM106072) é Ginecologista e Obstetra. É chefe da Reprodução Humana do Instituto Amato (www.amato.com.br). Enquanto não está cuidando das suas pacientes, e fazendo FIVs, está cuidando de sua familia?‍?‍?‍?. É mãe, apaixonada pela natureza????, bem estar e estilo de vida saudável?. Escreveu o livro “Em busca da fertilidade.” (http://bit.ly/2sj9H4X), e autora do site fertilidade.org Instagram: http://bit.ly/dra_amato Facebook: http://bit.ly/36Q76yc Twitter: http://bit.ly/2RaylNp LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3 WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br

var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Dicas Para Evitar a Candidíase! Chega de corrimento apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Como declarar gastos médicos no imposto de renda?

Sun, 04/12/2020 - 16:44

O período para declarar imposto de renda está chegando (30 de abril, se não houver mudanças por causa do coronavírus) e é comum ficarmos com dúvidas na hora de realizar um processo burocrático como esse. Com uma rotina agitada tendemos ainda a deixar tudo pra cima da hora. Mais de 700 mil contribuintes caíram na malha fina do Imposto de Renda em 2019. Não corra esse risco! O prazo para declaração do IRPF de 2020 começou dia 02 de março e finalizará dia 30 de Abril. 

Declarar imposto de renda não é tarefa fácil. Grande parte da população prefere fazer isso com o auxílio de um contador. Mas, se você não faz parte deste grupo, pode seguir alguns passos na hora de declarar gastos médicos.

Todos os custos com plano de saúde precisam ser declarados na ficha de “Pagamentos Efetuados”, no código 26 do Imposto de Renda para quem faz a declaração completa. Deverão ser incluídas informações como CNPJ e nome da operadora, valor pago e parcelas reembolsadas. Também é fundamental informar os gastos com dependentes, caso possua. Estes valores deverão ser passados por meio de informe pela operadora. Particularidades do reembolso médico serão abordadas nesse artigo.

Frequentemente explicamos como declarar o reembolso médico no imposto de renda e aqui e aqui exatamente porque as despesas médicas podem gerar um dos maiores benefícios ao contribuinte na declaração do Imposto de Renda. Como esse tipo de gasto pode ser totalmente deduzido — não há limites de valor como no caso de despesas com educação — ele ajuda a reduzir a base de cálculo do imposto, que define se você terá imposto a pagar ou a restituir.

Afinal, o que estamos declarando?

Por exemplo, se você tem uma casa, você não vai pagar um Imposto de Renda só por tê-la (aí entra o IPTU). Ainda assim, seguindo a ideia da prestação de contas, a Receita vai querer saber que esse seu bem existe e, portanto, você deve declará-lo.

 Existem dois tipos de declaração. Você pode fazer uma declaração completa ou simplificada.

 Ao fazer a declaração completa, você poderá abater algumas despesas que teve ao longo do ano-calendário como, por exemplo, com educação, médicos, e outras despesas com seus dependentes, respeitando os devidos limites.



Exemplo: se você teve uma renda tributável anual de R$100 mil, mas gastou R$30 mil com despesas médicas, irá pagar imposto só sobre os R$ 70 mil de diferença

. Sim, as despesas médicas não reembolsadas são dedutíveis.

Ao fazer a declaração simplificada, você não declara as suas despesas. Em vez disso, o sistema deduz uma porcentagem automática (20% de sua receita, limitada a R$16.754,34) sem, portanto, lançar despesas de forma individual.

Parece confuso, né? Mas, fique tranquilo. O próprio programa da Receita faz as contas para você, na aba “Opção pela Tributação”. Cabe a você escolher o que é mais vantajoso, ou seja, onde irá pagar menos imposto. No caso da restituição, onde terá maior recebimento.

O sistema até varia as cores para facilitar: em verde, quando é imposto a restituir. Em preto, quando é imposto a pagar.

O contribuinte pode incluir no modelo completo de declaração de Imposto de Renda todos os gastos com saúde relacionados a tratamento próprio, de dependentes ou alimentandos, sem limite.

A regra vale somente para os que optarem pelo modelo completo, já que o simplificado prevê um desconto padrão de 20%, limitado a R$ 16.754,34, que substitui todas as deduções permitidas.

Pago um plano de saúde e me consultei com um médico que não tem parceria com meu plano. Eu recebi reembolso da consulta. Como declarar no Imposto de Renda?

O contribuinte deve declarar em “Pagamentos Efetuados”. Para informar os dados, deve ser criado um item, clicando em “Novo”. O código para o reembolso é 10-Médicos no Brasil. No item, deve ser informado o nome e o CPF do médico, ou CNPJ da empresa. O preço da consulta vai em “Valor pago”. A quantia reembolsada pelo plano de saúde, seja ela total ou parcial, deve ser informada em “Parcela não dedutível/valor reembolsado”. O contribuinte também deve informar o valor que paga mensalmente pelo plano de saúde em si. Isso será feito na mesma ficha de “Pagamentos Efetuados”, criando-se um novo item com o código 26- Planos de saúde no Brasil. Nessa linha deve ser informado o nome e o CNPJ da operadora do plano. Em “Valor pago”, vai o valor do plano. Em “Parcela não dedutível/valor reembolsado”, não vai nada, se o contribuinte paga tudo. Caso a empresa onde trabalhe pague parte do plano, só deve ser declarado o valor que sai do bolso do contribuinte. Novamente, a parte que ele paga deve ir em “Valor pago”. Na área de “Parcela não dedutível/valor reembolsado”, deve ficar zero. Se a companhia pagar o valor total do plano, o contribuinte não deve declará-lo.

Paguei um médico em 2019, mas recebi o reembolso do plano de saúde em 2020. Como faço para declarar? Qual CPF/CNPJ informo?

Se o reembolso foi integral, esta despesa não deve ser declarada. Se o reembolso foi parcial, deve lançar o valor total da despesa e preencher com o valor reembolsado o campo ‘Parcela não dedutível/valor reembolsado’. Deverá ser informado o CPF ou CNPJ que consta no recibo/nota fiscal.

Deduções? Só na declaração completa!

A dedução das despesas médicas é válida apenas no modelo completo da declaração. Quem opta pelo modelo simplificado não pode fazer nenhum abatimento porque é concedido um desconto de 20% sobre a base de cálculo do imposto —limitado ao valor de 16.754,34 reais— que substitui todas as deduções.

Enquanto no modelo completo as despesas médicas realizadas durante o ano são declaradas para reduzir o valor sobre o qual é aplicado o imposto, na declaração simplificada o programa da declaração calcula a base de cálculo e apenas aplica um desconto de 20% sobre ela, sem observar exatamente quais gastos foram realizados no ano, que podem ter ultrapassado esse porcentual.

Para saber qual tipo de declaração é melhor, é recomendável informar todos os gastos dedutíveis. Ao final do preenchimento da declaração, o programa da Receita dirá, de forma automática, se seria melhor abater as despesas uma a uma no modelo completo ou se você ganha mais com o desconto simplificado.

O que pode e o que não pode

Apesar de ser ilimitado, o gasto com despesas médicas deve respeitar as regras do regulamento do IR. Pagamentos efetuados a médicos de qualquer especialidade, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e cirurgia plástica fazem parte da lista permitida pela Receita Federal. (Veja com mais detalhes aqui)

Também podem ser incluídos os gastos com plano de saúde, hospitais e procecimentos em hospitais dia, com exames de laboratório e serviços de radiologia, aparelhos ortopédicos e próteses dentárias. Por outro lado, ficam de fora os gastos com remédios e enfermeiros, a não ser que eles constem de conta emitida pelo hospital.

As despesas com saúde devem ser informadas na ficha Pagamentos Efetuados. Eventualmente, caso desconfie de alguma irregularidade, a Receita pode pedir a comprovação dos gastos realizados para tratamento médico. Sendo assim, é fundamental guardar todos os comprovantes, onde devem constar o nome, endereço e número do CPF ou do CNPJ de quem recebeu os pagamentos. Basta abrir um campo “novo” e escolher o código do pagamento efetuado. Ao escolher o código 10 – Médicos no Brasil, por exemplo, você deverá informar se a despesa foi efetuada com titular, dependente ou alimentando, declarar nome e CPF do profissional, valor pago e o valor reembolsado pelo plano de saúde, se for o caso.

Os comprovantes devem ser guardados por pelo menos cinco anos a partir da data da entrega. Se a declaração for retificada, guarde pelo prazo de cinco anos a contar da última retificação. Podem ser usados como comprovantes os recibos, notas fiscais e informes enviados pelo plano de saúde que contenham o nome, endereço e CPF ou CNPJ de quem recebeu os pagamentos, a assinatura do prestador do serviço e o nome do beneficiário (caso não seja o próprio titular da declaração). Um cheque nominal endereçado ao médico também serve como comprovante.

Lembramos que a receita federal cruza o valor declarado como pago pelo contribuinte, na declaração de imposto de renda, com a DMED – Declaração de Serviços Médicos enviado por todos os estabelecimentos de saúde informando o paciente o pagante e os respectivos CPF.

Plano de saúde reembolsou parte da despesa médica; como declaro no IR? (Situação em que o custo foi maior do que o valor reembolsado.)

É preciso lançar o valor integral pago na ficha Pagamentos Efetuados. Preencha também a linha Parcela Não Dedutível/Valor Reembolsado, informando o valor que foi reembolsado pelo plano de saúde.

Plano de saúde empresarial:

Quando o plano é empresarial ou com coparticipação, o beneficiário não deve incluir o valor pago pela empresa, apenas o que saiu do bolso dele. A empresa deve entregar um informe com os valores do plano de saúde que foram pagos pelo funcionário durante o ano, e ele deverá declarar este valor – também na ficha de Pagamentos Efetuados, no código 26 do Imposto de Renda.

Caso a empresa pague o plano de saúde de forma integral, o beneficiário não precisa declarar no imposto de renda.

Dependentes

A empresa pode incluir familiares próximos como dependentes ou funcionários com vínculo empregatício.

Funcionários não são dependentes para fins de imposto de renda da empresa. Neste caso, ele deve declarar os gastos com plano de saúde em sua própria declaração de ajuste anual, com base no valor do informe fornecido pela empresa.

Se o dependente for um familiar próximo, como filhos, menores, conjugue etc., e constar como dependente para fins de imposto de renda do beneficiário, o titular deve declarar este pagamento com a menção de que o valor é referente ao plano de saúde do dependente.

Dedução

Não há limite de dedução dos gastos com saúde suportados pelo beneficiário. Se a empresa fizer o pagamento integral, o funcionário não deverá declarar no imposto de renda, portanto, não haverá dedução. Já os reembolsos não são dedutíveis.

 

Fonte: Uol Imposto de RendaLeonardis, Vitreo, Sebastião Luiz Gonçalves dos Santos, membro do Conselho Regional de Contabilidade de SPExame, Grupo Asse

 

var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Como declarar gastos médicos no imposto de renda? apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Trombofilia: doença do sangue que causa trombose

Thu, 04/02/2020 - 21:23

Sejam bem-vindos ao canal do Instituto Amato! Eu sou o Dr. Alexandre Amato, Cirurgião Vascular no Instituto Amato, e nesse vídeo falaremos sobre a trombofilia. O Prof. Dr. Alexandre Amato é professor de cirurgia vascular da UNISA e chefe da cirurgia vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br). Cirurgião Vascular e Varizes?‍⚕Especialista em Lipedema, Doutor (PhD) pela USP?Médico Assist. Hosp. San Raffaele – Milão 2008 ?? Prof. da UNISA?‍??11 50532222 Escreveu vários livros (https://www.amato.com.br/livros-medicos), e está dando esse de presente para você: http://bit.ly/HistoriaCirurgia, aproveite! Siga no Facebook: https://www.facebook.com/institutoamato/reviews Instagram: https://www.instagram.com/dr.alexandreamato/ Twitter: https://twitter.com/alexandre_amato LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3 WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Website: www.amato.com.br

var URLlist = [["http://bit.ly/YouTubeAmato", 10],];var ultimatePopunderSettings = {width:(screen.width * .80),height:(screen.height * .80),cap:1,wait:(60 * 30),cookie:"ultimatePopunder"};

O post Trombofilia: doença do sangue que causa trombose apareceu primeiro em Amato.

Categories: Medical

Coronavirus COVID 19 e o pânico geral comentado pela Profa Dra Marisa Amato

Mon, 03/16/2020 - 11:07

Tendo em vista o pânico geral criado pelo coronavírus, a Prof. Dra. Marisa Amato, cardiologista livre docente pela USP e Diretora do Instituto Amato (www.amato.com.br) explica como se prevenir e o que fazer com esse problema atual e com futuras viroses que podem aparecer. Não é necessário pânico, medidas simples podem prevenir a propagação desse vírus.

covid-19coronavírusvideoamatotvO que você acha deste artigo?:  0 Sem avaliações
Categories: Medical

Orientações sobre o novo Coronavírus. O que se sabe até o momento?

Wed, 02/26/2020 - 20:39
Coronavírus COVID-19

Coronavírus COVID-19

O que é o novo Coronavírus e o que ele causa?
 
A doença causada pelo Coronavírus foi denominada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como COVID-19 e o vírus causador como SARS-Cov-2.
É uma síndrome gripal de moderada-leve intensidade. A maior parte dos casos no hemisfério norte acometeu indivíduos dos 40 aos 69 anos. Sua taxa de mortalidade é de aproximadamente 2,3% nessa população. Esse índice não difere de outras infeções já bem conhecidas como a síndrome gripal causada pelo vírus H1N1. A mortalidade aumenta em indivíduos na faixa etária geriátrica, especialmente os maiores de 80 anos, chegando a 7% dos 70 a 80 anos e 15% acima desta faixa etária.
 

Qual o quadro clínico?
 
Febre, tosse, coriza e dor de garganta intensa. Nos quadros graves, quando é necessária a hospitalização, os sinais de alerta são: dificuldade respiratória, escarro espesso, tosse com sangue, náusea, vómitos, diarreia, deterioração do estado mental (principalmente em idosos).
 

Como acontece a transmissão?
 
A doença se transmite por pequenas gotículas eliminadas por tosse, espirros ou ao tocarmos superfícies contaminadas com as mãos – o vírus parece sobreviver algumas horas externamente, dependendo do tipo de superfície, temperatura ou umidade do ambiente
O SARS-Cov-2 até o momento não se transmite por picada de mosquito
O risco de o SARS-Cov-2 transmitir-se pelo manuseio de cartões de credito, moedas e notas é muito baixo; a higiene das mãos elimina esse risco
As gotículas com coronvairus são pesadas e não se propagam por grande distância - no máximo 1 metro: os Coronavírus NÂO se propagam a grandes distâncias através do ar.
 

Animais domésticos transmitem a doença?
 
Não há qualquer evidencia de cães e gatos tenham sido infectados ou possam espalhar o virus que causa a COVID-19.
 

Existe vacina ou medicação especifica para o SARS-Cov-2?
 
Ainda não. Vacina e medicamentos específicos estão em investigação. NO MOMENTO, NÃO HÁ NENhUMA VACINA OU REMÉDIO PARA COMBATER O VÍRUS OU PREVENIR A INFECÇÃO. O único e mais eficaz modo de fazê-lo é higienização das mãos frequentemente, cobrir boca e nariz ao tossir e manter distância mínima de 1 a 2 metros de pessoas que estejam tossindo ou espirrando.
O tratamento para alívio de sintomas e suporte clínico nos casos mais graves é extremamente recomendado.
 

Antibióticos são eficazes contra o SARS-Cov-2?
 
Não, pois são medicamentos indicados para combater infecções por bactérias e não por vírus, como é o caso do Coronavírus SARS-Cov-2
 

Como proteger a mim, minha familia e comunidade?
 
Lavar as mãos com frequência com água e sabão e usar desinfetantes à base de álcool gel 70%. Essas medidas matam o vírus.
Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, com lenço de papel descartável; quando não estiver à mão, cobrir nariz e boca ao tossir com o braço próximo ao cotovelo – cobrir com as mãos pode facilitar a transmissão
Evite tocar olhos, nariz e boca – isso pode transferir o vírus da superfície contaminada para seu corpo
Manter distância mínima de 2 metros de pessoas que estejam tossindo ou espirrando.
Evite aglomerações
Evite viajar, se possível, para locais onde o Vírus está espalhado
Se você estiver com os sintomas característicos da doença, não saia de casa, a menos que seja para procurar ajuda profissional; ligue para seu médico(a) antes de ir – ele(a) já pode direcionar a melhor conduta a ser tomada
 

E quando usar a máscara?
 
 Somente use a máscara do tipo FFP2 e apenas se for visitar alguém com suspeita da infecção pelo vírus ou se estiver cuidando de alguém com quadro suspeito em investigação médica – vamos evitar o desperdício
As máscaras somente são eficazes quando combinadas com a lavagem da mão e uso de álcool gel 70%. Para ser eficaz é preciso seguir as especificações técnicas no seu uso; para mais informações sobre o uso correto acesse: https://www.who.int/publications-detail/advice-on-the-use-of-masks-the-community-during-home-care-and-in-health-care-settings-in-the-context-of-the-novel-coronavirus-(2019-ncov)-outbreak
 
Informe-se sempre através de fontes seguras, como os sites oficiais do ministério da saúde, governos, municípios e suas secretarias de saúde ou com seus médicos(as) de confiança.
 
 
Dr.Marcos Galan Morillo – Geriatra e clinico do Instituto Amato de Medicina Avançada
 
 
Fontes: Organização mundial de Saude (OMS) e Organização Panamericaca de Saúde (OPAS)

coronavírusprevençãosaúdeinfluenzaO que você acha deste artigo?:  0 Sem avaliações
Categories: Medical