fbpx Amato Consultório Médico | Amato Software

Amato Consultório Médico

Subscribe to Amato Consultório Médico feed
Updated: 14 hours 29 min ago

Candidíase de repetição

Wed, 08/21/2019 - 18:27
Candidíase de repetição

Candidíase de repetição

Este vídeo é especialmente dedicado às mulheres que sofrem com coceiras de repetição e que não melhoram com os tratamentos realizados. Dra Juliana Amato, ginecologista do Instituto Amato explica a candidíase de repetição.

 

-- transcrição --

Olá meu nome é Juliana Amato sou ginecologista e obstetra do Instituto Amato e hoje nós vamos conversar um pouquinho sobre candidíase de repetição o que é candidíase. A candidíase é uma infecção vaginal. Normalmente ela ocorre como o corrimento esbranquiçado vaginal e que coça muito. A candidíase é causada por um fungo chamado Candida albicans que é o mais comum. Ele está presente na nossa vagina. Na vagina de todas as mulheres. Eles fazem parte da flora vaginal e ajudam a manter o pH nessa região com isso impedindo que outras infecções ocorram quando essa candidíase pode ocorrer? Principalmente quando a gente está com a imunidade mais baixa. Essa Candida aumenta sua população na região vaginal e ela com uma quantidade aumentada vai causar esses sintomas de coceira e corrimento esbranquiçado. O que mais pode propiciar é uma candidíase muito tempo em piscina muito tempo em praia biquíni molhado. Isso deixa a região muito úmida e também propicia ao desenvolvimento de mais candida nessa área. Mulheres imunosuprimidas também têm mais chances de ter candidíase de repetição. Assim como as usuárias de antibióticos em grande escala. Por exemplo têm uma infecção uma faringite ou uma amigdalite tomou um antibiótico não melhorou ou tomou da forma errada vai ter que repetir esse tratamento. A imunidade cai e com isso a candidíase pode proliferar. O que também ocorre e o uso de roupas muito apertadas então calça jeans muito apertada e shorts muito apertado, muito curto. Isso também causa uma atração nessa região vaginal, forma pequenas lesões e que podem infectar pelo fungo. Algumas dicas para prevenir a candidíase é ter uma boa alimentação e uma alimentação equilibrada. Evitar o uso excessivo de antibiótico quando não é necessário. Quando estiver na praia trocar o biquíni e não ficar muito tempo com esse biquíni molhado quando tiver na piscina tomar mais sol para secar esse biquíni. Evitar o uso de roupas muito apertadas também ajuda bastante a evitar candidíase. E se ela ocorrer. O que fazer?Procure seu médico porque nos casos de candidíase de repetição que ocorrem mais de três vezes em seis meses é feito um tratamento contínuo com medicações específicas. Se você curtiu o nosso vídeo inscreva no nosso canal comente aqui o seu like, ative o sininho de notificação para receber mais videos.

ginecologiavideoamatotvO que você acha deste artigo?:  0 Sem avaliações
Categories: Medical

Orientação pós aplicação de vasinhos

Wed, 08/21/2019 - 18:03

Orientação pós aplicação de vasinhos

Dr Alexandre Amato, cirurgião vascular,  dá as orientações pós aplicação de vasinhos. Pós laser e pós escleroterapia. #nopainnovein

 

 

transcrição

 

Olá sou Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje eu vou dar as orientações pós procedimento de aplicação de vasinhos. Se você fez o procedimento comigo você tem o meu contato. Se tiver qualquer dúvida pode mandar mensagem pode mandar foto que eu vou ajudar no que for necessário. Se você não tiver feito comigo siga as orientações do seu médico as minhas orientações podem ser um pouquinho diferentes por causa das técnicas que eu utilizo e a maneira como ela é aplicada. Então vamos lá. Caso você tenha feito o procedimento com sedação consciente que a técnica Annox, a máscara com gás para não sentir nenhuma dor, e não ter medo das agulhas, pode ficar tranquila que após cinco minutos do procedimento 95% do óxido nitroso já saiu do seu corpo e ele não deixa sonolência e não deixa nenhum efeito colateral. Então com relação à sedação pode ficar tranquila que não muda nada no pós procedimento. Com relação aos curativos caso tenha sido feito curativos nem todos os casos são necessários mas caso tenham curativos eles podem ser retirados no mesmo dia. No final do dia pode ser no banho para deixar o curativo bem molhadinho e tirar sem causar dor ou incômodo ou pode ser retirado no dia seguinte. No começo do dia caso tenha sido prescrito medicamento via oral ou uma pomada ou creme siga as orientações que foram prescritas e estão na receita se tiver qualquer dúvida é só mandar mensagem. Normalmente é prescrita uma medicação via oral e um creme com intuito de baixar a possibilidade de inflamação que é uma das possíveis causas de uma mancha . Então diminuindo a inflamação com o uso da medicação de forma adequada. A gente diminui a possibilidade de formação de uma mancha. Caso tenha sido feita a técnica com laser é muito raro hoje em dia mas ainda pode acontecer a formação de pequenas crostas ou casquinha no local do laser. Caso isso ocorra novamente não é frequente mas caso ocorra não cutuque, não tire essa casquinha não não raspe ou coce porque isso pode deixar uma cicatriz indesejada. Normalmente o sol não influencia no tratamento. Agora se ficar muito bronzeada a tonalidade da pele mudar bastante. Isso pode acabar influenciando na potência do laser que eu consigo aplicar sendo necessário colocar potências menores para que o laser atravesse o pigmento e chegue no vaso. Então a sugestão é que não fique muito bronzeada enquanto estiver fazendo o tratamento. Agora se formarem hematomas, roxos, Evite o sol também para não formar manchas. Agora uma solução para isso é o uso de um protetor solar fator 50 para cima. Caso forme roxos, hematomas, equimoses pode ficar tranquilo que isso sai, não é nada para se preocupar. Possivelmente um extravasamento de sangue no momento em que o laser atingiu o vaso ou que a aplicação de agulha deixou extravasar um pouquinho de sangue para o tecido subcutâneo ou para a pele para a derme. Isso vai ser absorvido. Seu corpo foi feito de uma maneira que ele é capaz de reabsorver esses hematomas. Agora o que a gente pode fazer? Compressa morna no local três a quatro vezes ao dia acelera o processo de reabsorção desse hematoma. Além de diminuir o processo inflamatório então a compressa morna muitas vezes associada com o hiruoid pode fazer essa reabsorção seja muito mais rápida e que haja um desaparecimento dessa mancha muito mais rápida. Agora com relação ao uso de meia: nem sempre é necessário o uso de meias no tratamento dos vasinhos mas em alguns casos pode ser orientado principalmente quando são veias maiores e ou no uso de outras técnicas como a técnica de espuma por exemplo. Se for indicada meia elástica o cirurgião vascular vai indicar a meia correta para o uso e aí a maneira de utilizar é a seguinte: coloca de manhã, tira a noite, durante a noite não há necessidade do uso da meia elástica. Mas aí é necessário que coloque um calço no pé da cama e eleve o pé de forma que as pernas fiquem mais elevadas do que o coração enquanto está deitado. Novamente: a meia elástica não é necessária para todos os casos. Com relação à velocidade do tratamento nós fazemos normalmente em três sessões espaçadas por três semanas entre elas. As três semanas são necessárias para que passe toda a informação que o vaso seja reabsorvido que ele suma, de tempo pro corpo para o corpo para ele se recuperar. É possível fazer com menos tempo assim como também é possível fazer com mais tempo. A questão é se a gente fizer com menos do que três semanas. Às vezes a gente acaba disparando o laser num vaso em que era só esperar mais um pouquinho e que ele ia desaparecer naturalmente. E se a gente espera muito tempo. Às vezes a gente dá tempo para novos vasos se formarem então três semanas é o ideal caso não seja possível por alguma situação particular converse comigo. A gente tenta adequar a sua situação. Óbvio o tratamento varia de paciente para paciente. Então alguns necessitam de mais do que três sessões ou outros necessitam de menos e isso pode ser avaliado normalmente após a primeira sessão que é onde a gente já tem uma ideia de como o seu corpo vai reagir ao tratamento. óbvio, não esqueça, caso tenha alguma alergia avise seu médico para ele adequar a medicação à sua alergia. Em raros casos pode ocorrer a formação de pequenos trombos nesses vasos superficiais. Esses trombo são veias que ficam bem pretinhas, bem escuras mesmo e onde o sangue ficou coagulado ali dentro. Esse trombo não tem nada a ver com a trombose venosa que é grave. Nada disso. São trombos bem superficiais. A questão é que eles precisam ser retirados para que não manchem a pele. Então retorne em consulta a gente vai fazer um procedimento de retirada desse trombinho. é um procedimento muito rápido fácil. Só verificar com as meninas o horário em que eu estou no consultório. Eu atendo não tem problema nenhum em cinco minutinhos a gente resolve mas novamente esses pequenos trombinhos são raros, mas, se ocorrerem necessitam ser retirados. Com relação aos exercícios você pode voltar às atividades normais no dia seguinte tanto para exercícios quanto para as atividades laboriais. Então, hoje eu peço que não faça exercício evite pelo menos membros inferiores mas a partir do dia seguinte é possível fazer tudo normalmente. Quando a gente faz muito tratamento na região dos pés e tornozelo pode ocorrer um pequeno inchaço. Isso é normal. Pode acontecer mesmo. É uma das maneiras de evitar isso elevando o pé da cama. Uma das maneiras de levar ao pé da cama colocando um calço no pé da cama, um livro grosso ou mesmo um travesseiro embaixo do colchão que levanta a perna inteira vai se levantar apenas a panturrilha. Essas são as orientações pós procedimento de aplicação de vasinhos. Espero ter ajudado. Estou aqui à disposição. Entre em contato se tiver alguma dúvida. Curta o nosso vídeo. Compartilhe. Assine nosso canal e clique no Sininho. Muito obrigado. Até a próxima.

VascularvasinhosvarizesvideoamatotvO que você acha deste artigo?:  0 Sem avaliações
Categories: Medical

Quando ir no ginecologista pela primeira vez?

Mon, 08/12/2019 - 11:33
Quando ir no ginecologista pela primeira vez?

Consulta com ginecologista

Quando sua filha precisa começar a ir no ginecologista? Dra Juliana Amato, ginecologista do Instituto Amato, explica sobre essa mudança na vida das meninas.

-- transcrição --

Olá meu nome é Juliana Amato sou ginecologista e obstetra do Instituto Amato e hoje a gente vai conversar um pouquinho sobre dúvidas de quando ir a primeira vez ao ginecologista. Muitas pessoas têm dúvidas em quando ir ao ginecologista pela primeira vez: o ideal é que a partir dos 9 aos 12 anos a menina já tenha uma consulta com o ginecologista ou com a ginecologista da mãe. Por quê? Porque logo ela vai menstruar. Então essa consulta ela serve como uma orientação sobre esse período que ela vai entrar. Sua primeira menstruação. Como seu corpo vai funcionar a partir de então. E o que ela deve esperar sobre isso. O que ocorre é que muitas meninas procuram o ginecologista quando já têm uma vida sexual ativa e vem atrás uma anticoncepcional mas o ideal é que essa consulta seja antes para ter uma orientação sobre tudo isso. Até quando ela não iniciou a vida sexual para que ela possa ser orientada sobre métodos anticoncepcionais e sobre prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Quando a mulher ou a menina iniciou a sua vida sexual é importante que ela vá todo ano, pelo menos uma vez ao ano ao seu ginecologista para fazer um exame preventivo, pra ser examinada para ver as mamas, pra ver como está sua saúde em geral. E quais os exames a serem realizados? Normalmente numa primeira consulta ginecológica, quando é uma menina vai pela primeira vez dos 9 aos 12 anos que não tenha relação sexual ainda que tenha iniciado as suas menstruações essa consulta vai ser mais uma conversa e uma orientação. Se ela tiver iniciado sua vida sexual vai começar a fazer os exames preventivos. O principal deles é o Papanicolau, que é um rastreamento de câncer de colo que deve ser realizado todo ano. Além disso, o exame das mamas, hoje em dia a gente sabe que os nódulos de mama são mais comuns numa idade menor. Câncer de Mama não tem mais aquele padrão de maior do que  40 ou 50 anos. Então é importante avaliar tudo fazer um ultrassom transvaginal, ou ultrassom pélvico para ver como é que está o útero, o ovário. Ou seja, para fazer um check-up ginecológico. Se você curtiu o nosso vídeo inscreva-se no nosso canal , dê seu like,  deixe seu comentário e ative a Sininho de notificação.

amatotvvideoginecologistaO que você acha deste artigo?:  0 Sem avaliações
Categories: Medical

Melhor epoca para aplicação de vasinhos.

Mon, 08/12/2019 - 11:30
Melhor epoca para aplicação de vasinhos.

Melhor epoca para aplicação de vasinhos.

Dr Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato fala sobre o melhor momento no ano para se fazer as aplicações dos vasinhos.

 

-- transcrição --

Olá sou Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje eu vou responder uma pergunta que é muito frequente e qual é a melhor época para fazer o tratamento dos vasinhos. Acredita-se que o inverno seja a melhor época para fazer o tratamento dos vasinhos por algumas razões: Primeiro porque era necessário o uso da meia elástica então usar a meia elástica no frio era mais fácil por causa da menor incidência do sol então quando era necessário evitar o sol era uma razão; talvez por causa da dor no tratamento e o frio diminuía essa sensação de dor. Agora acontece que tudo isso já mudou. As novas técnicas de tratamento de vasinhos com laser, com a sedação consciente, com a técnica de Annox: evitam tanto a dor, e o laser evita a necessidade do uso da meia elástica, e de evitar a incidência da luz solar. Então como é possível tomar sol, usar a meia elástica e não sentir dor. No tratamento dos vasinhos hoje em dia qualquer época é a melhor época para fazer o tratamento. Ou seja, quer fazer um tratamento agora? Essa é a melhor época! É a melhor época para você! Gostou dos nossos vídeos. Curta compartilhe. Assine nosso canal clicando Sininho e nos vemos no próximo.

 

amatotvvideoVascularO que você acha deste artigo?:  5 Average: 5 (1 vote)
Categories: Medical

Depilação íntima: higiene ou estética?

Mon, 08/12/2019 - 11:27

Dra Juliana Amato, ginecologista e obstetra do Instituto Amato, fala sobre a depilação das regiões intimas nas mulheres e sua relação com a estética e higiene.

 

 

-- transcrição --

Olá pessoal, sou dra Juliana Amato ginecologista e obstetra no Instituto Amato. Hoje eu vou conversar com vocês sobre uma dúvida muito frequente que me perguntam muito no consultório: sobre a depilação. Se é uma questão de higiene ou seja se é uma questão de estética. Muitas pessoas têm dúvida quanto à retirada dos pêlos se ela faz mal para saúde ginecológica, se ela aumenta o número de infecções. Então vamos tirar essas dúvidas a presença de pêlos nessa região associada com o aumento de temperatura com a sudorese excessiva ela pode aumentar o número de casos de infecção fúngica ou bacteriana porque essa região fica muito quente fica muito úmida e os fungos proliferam. A nossa vagina é uma casinha de fungos que ajudam a manter o pH vaginal. A pele da região da vulva é uma pele muito fina e muito sensível. Então a gente tem que ter algumas considerações na hora de fazer uma depilação. A depilação com gilete  causa mais escoriação na pele e com isso aumenta o risco de infecção por esses pequenos cortes. A depilação com cera quente é ótima. Ela tira a maioria dos pêlos porém pela temperatura maior ela pode escurecer a região da pele e pode também causar queimaduras. A depilação com cera fria ela é mais indicada porém é mais dolorida. Antigamente usava-se muito os cremes declaratórios que eram uma ótima saída para a depilação. Mas hoje em dia eles não são muito mais usados. Hoje em dia é mais utilizado o laser que ele projeta uma frequência de onda que destrói os bulbos capilares os bulbos pilosos e com isso o pêlo  pára de crescer. Porém existem vários bulbos pilotos ainda em desenvolvimento então na hora que faz essa depilação a laser você tem que fazer várias sessões para você conseguir destruir o maior número de bulbos pilosos. Então vou dar algumas dicas aqui sobre a depilação: após 24 horas do procedimento. O que ocorre é que a pele ainda está muito sensível e ela pode ficar propensa a ter infecções porque os poros estão mais abertos ainda nessas 24 horas. Então o ideal é que não se usa calcinhas muito justas calças muito justas e que não se tome sol pelo menos uma semana. Se você gostou do nosso vídeo dê o seu like. Inscreva se no nosso canal. Deixe seu comentário e ative a Sininho de notificação.

amatotvvideoginecologiaO que você acha deste artigo?:  0 Sem avaliações
Categories: Medical

Exercicios para doença vascular.

Mon, 08/12/2019 - 11:25
Exercício Físico

Doenças da circulação

Dr Alexandre Amato, cirurgião vascular, fala sobre os exercícios melhores para quem tem problema de circulação, tanto em problemas venosos quanto em problemas arteriais.     transcrição     Olá sou Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato, e hoje eu vou falar sobre os exercícios que são adequados na doença vascular. Então nós temos vários sistemas vasculares o arterial, o venoso e o linfático e cada um requer um tipo de tratamento de exercício um pouquinho diferente. Então vou falar inicialmente do exercício para a doença venosa que se assemelha bastante aos exercícios para a doença linfática e também para o lipedema. Então como a Doença Venosa acaba causando o inchaço, um acúmulo de líquido em membros inferiores que é a mesma situação do linfedema e do lipedema, é necessário o exercício físico para aumentar o tônus da musculatura que é responsável pelo retorno desse líquido para a circulação para o coração. Então o tônus da panturrilha que é chamado de coração periférico é o mais importante de todos os melhores exercícios são os exercícios na água. Natação, hidroginástica, corrida na água, bicicleta na água, o Acqua cycling. Todos eles têm um benefício maior porque ocorre a pressão hidrostática então a água também exerce uma pressão na perna direcionando esse líquido para cima. Então, além do Exercício e do aumento do tônus da musculatura os exercícios na água trazem esse benefício. Então obviamente que para os pacientes que têm problema linfático, lipedema, tem que ficar muito mais atento a pequenas feridinhas, pequenas fissuras na pele que podem ser porta de entrada para uma infecção, mas sempre que for possível dar preferência para os exercícios na água, dê! Agora o perfeito é inimigo do feito. Se não for fazer exercício na água não é por isso que vai deixar de fazer exercício. Qualquer outro tipo de exercício pode ajudar. Optamos então em segundo plano pelos exercícios que não tem impacto então uma corrida numa esteira tem menos impacto do que uma corrida na rua. Um vôlei tem muito mais impacto do que uma corrida. Então a gente tenta fugir do impacto para diminuir a possibilidade de alguma lesão, mas, novamente,  mesmo os exercícios com impacto aumentam o tônus da musculatura e são excelentes para o retorno venoso e linfático. Então não deixe de fazer exercício caso não possa fazer um exercício na água. Agora com relação aos exercícios para doença arterial eles precisam ser seguidos bem de próximo pelo cirurgião vascular. O sistema arterial quando está doente ele é responsável por levar o oxigênio distalmente até a ponta do dedo do pé e se não está chegando o sangue não está chegando oxigênio suficiente. A musculatura vai entrar em respiração anaeróbia muito mais cedo vai se cansar muito mais cedo. É necessário que haja um acompanhamento e uma orientação do cirurgião vascular da maneira correta se fazer esse exercício. Também porque os pacientes arteriopatas muito frequentemente têm a arteriopatia no coração. Então o cardiologista também precisa ser consultado para que haja uma liberação da forma de exercício o que pode ser realizada. Então abrangendo todos os sistemas vasculares no final sempre o exercício vai ajudar do ponto de vista vascular. Gostou do nosso vídeo? Curta e compartilhe. Assine nosso canal clica no Sininho para receber as notificações. 

 

amatotvvideoexercícioVascularO que você acha deste artigo?:  0 Sem avaliações
Categories: Medical

Escleroterapia com sedação Annox

Tue, 07/02/2019 - 14:40
Técnica Annox

Escleroterapia com sedação

Dr Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato explica sobre a técnica de escleroterapia com sedação para quem tem muita dor ou medo de agulha, essa é a melhor solução para minimizar os sintomas.  

    --- transcrição ---   [00:00:00] Olá sou Dr. Alexandre Amato cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje vou falar sobre a técnica a Annox para aplicação de vasinhos . É uma técnica de sedação consciente para diminuir a sensação de dor e de medo de agulha no tratamento dos vasinhos na escleroterapia. A gente vem buscando há muito tempo a minimização de qualquer sentimento de dor ou de incômodo no tratamento então o laser foi o primeiro passo para diminuir esses medos. Então o laser não utiliza agulhas. A gente já diminui essa sensação por mais que o laser seja suportável. Ainda há uma sensação incômoda então hoje nós buscamos e fazemos a sedação consciente com óxido nitroso que é o chamado gás do riso. É um gás que tem uma rápida absorção uma rápida eliminação então ele atinge o efeito de sedação consciente bem rápido e logo após a gente parar com esse uso do gás a pessoa volta ao normal rapidamente. É uma técnica bem segura que mantém o tratamento de forma perfeitamente suportável. Acordado. Então não há a necessidade de chegar a sedação completa, a dormir durante o procedimento então essa sedação mantém uma consciência e minimiza todo o estresse envolvido. Então utilizando todas essas técnicas: o laser, a sedação consciente com óxido nitroso que é a técnica Annox, a crioanestesia que é  anestesia pelo frio. Então a gente solta um ar gelado bem frio no local da aplicação. Com tudo isso a gente atinge o objetivo final que é o tratamento dos vasinhos. As teleangiectasias  estéticas que incomodam bastante as mulheres sem a dor e sem o medo de agulha. Então se você já tinha evitado fazer esse tratamento no passado por causa da dor ou do medo de agulha saiba que hoje existe a técnica Annox para auxiliar o tratamento estético dos vasinhos.  [00:00:00][0.0]videoamatotvVascularvenosoO que você acha deste artigo?:  5 Average: 5 (1 vote)
Categories: Medical

Diferença entre fertilização in vitro e inseminação intra uterina. FIV vs IIU.

Thu, 05/30/2019 - 10:47

Dra Juliana Amato (CRM 106072) explica a diferença entre fertilização in vitro e inseminação intra uterina. FIV vs IIU. Alta vs baixa complexidade. O que é a fertilização in vitro (FIV)? Em quais situações o método é aplicável? A FIV pode ajudar a engravidar? A fertilização “in vitro”, também conhecida como bebê de proveta, é a união do espermatozóide com o óvulo no laboratório, formando o embrião que posteriormente será transferido para a cavidade uterina. Intrauterine Insemination (IUI), Inseminação Intra Uterina (IIU), Inseminação in vitro O procedimento consiste na introdução do esperma capacitado dentro da cavidade uterina da mulher quando ocorre a ovulação. É utilizada quando o volume ou a concentração dos espermatozóides não são suficientes ou quando a mobilidade dos gametas decresce. Esta técnica também pode ser usada quando o muco cervical apresenta problemas. Em geral, neste procedimento, recomenda-se também o estímulo da ovulação na mulher como forma de potencializar os resultados. A taxa de sucesso da inseminação artificial depende muito das causas de infertilidade diagnosticadas. É essencial a permeabilidade em pelo menos uma das trompas, assim como um número mínimo de espermatozoides, para que a técnica funcione.

---transcrição --- Olá meu nome é Juliana Amato. Sou ginecologista e obstetra e hoje nós vamos falar da diferença dos tratamentos entre fertilização in vitro e inseminação intrauterina. Eu recebo muitas mensagens perguntando; e existe muita dúvida sobre o que é um tratamento ou outro. Então vamos lá. A inseminação intrauterina é um tratamento de baixa complexidade em reprodução assistida. Ele consiste em indução da ovulação controle ultrassonografico para monitorar o crescimento dos folículos. Os folículos: existem dentro do nosso ovário e o crescimento deles. é que ocorre a nossa ovulação dentro de cada folículo existe um óvulo. Então ele vai estimular a ovulação. A partir do momento que a gente vê no ultrassom que está para ovular com o marido o parceiro ele vai a um laboratório a gente faz um preparo de sêmen. Um processado seminal com os espermatozoides mais capacitados e coloca, por meio de uma sonda, esses espermatozoides dentro da cavidade uterina da mulher quando ela estiver ovulando. É de baixa complexidade; não é necessário anestesia e é feito em consultório. A gente utiliza mais a inseminação artificial em pacientes abaixo de 35 anos. Que não tenham nenhum fator de risco ou nenhum problema de saúde que impeça a inseminação artificial como uma obstrução tubárea como algum problema masculino com baixa de espermatozoides. É um tratamento mais tranquilo mas que tem as suas indicações não é para ser feito em todos os casais. Já a fertilização in vitro: a fertilização in vitro é tida como um tratamento de alta complexidade. Onde a gente induz a ovulação da mulher por meio de medicações. Essa ovulação é monitorada através de ultrassom transvaginal. Esses folículos crescem e a intenção na fertilização in vitro é que mais de um folículo cresça e que vários folículos cresçam para a gente conseguir um número maior de óvulos para fazer o tratamento dessa paciente. A partir do momento que essa paciente está para ovular nós vamos ao Laboratório de Reprodução Assistida que é um espaço específico. É onde a gente manipula o material biológico. Essa paciente toma uma anestesia enorme de 20 a 30 minutos e por meio de ultrassom transvaginal guiado; por uma agulha a gente aspira esses óvulos. Nesse mesmo momento o parceiro colhe o espermatozoide. A bióloga seleciona os melhores e faz fertilização in vitro em laboratório. O famoso bebê de proveta. Esse processo ele dura mais ou menos 15 a 20 dias. O processo todo entre a estimulação da ovulação e a fertilização in vitro. Ele é usado para Casais acima de 35 anos que tenham algum problema de saúde que cause infertilidade como uma obstrução tubárea; como uma azoospermia no homem ou quando tem um fator associado entre o homem e a mulher ou simplesmente quando já está há muito tempo tentando e não conseguindo engravidar. Essas são basicamente as diferenças entre inseminação artificial e fertilização in vitro. Se você gostou do nosso vídeo se inscreva no canal. Deixe seu like, comente abaixo e ative o sininho de notificação para receber mais vídeos.

Tags: clínica de infertilidadereprodução assistidavideoamatotv 5 Average: 5 (1 vote)
Categories: Medical

Aplicação de vasinhos com sedação

Tue, 05/28/2019 - 18:31
Aplicação de vasinhos

Sem medo e sem dor

Tem medo de agulha? Sente muita dor para secar vasinhos? Tentou uma vez e desistiu? Tentou algumas, insistiu, mas viu que seria muito dificil chegar até o fim?
Bom, ainda bem que há solução!
Iniciamos há muitos anos com as técnicas minimamente invasivas como o laser, o CLaCs, a crioanestesia, a espuma e outras, sempre com o intuito de melhorar os resultados, minimizar a quantidade de sessões necessárias e diminuir a sensação dolorosa. A primeira geração do laser era muito dolorosa. A última geração é muito mais eficaz e menos dolorosa; então, a crioanestesia, técnica de anestesia pelo frio ajudou muito, mas, mesmo assim, ainda havia um resquício de dor.
Agora não mais...
A utilização de sedação com a técnica Annox permite realizar a secagem dos vasinhos com sensação dolorosa próxima de zero, além de grande conforto.
Por isso é importante realizar o procedimento em clínica médica especializada. As técnicas mais atuais são utilizadas para o benefício do paciente.
Além disso, para aquelas pessoas que tem pavor de agulha, fobia de agulha (sabia que tem um nome bonito isso? aicmofobia), também conseguem realizar a secagem dos vasinhos. Por duas razões: o laser não necessita de agulha, mas também por causa da sedação Annox.
A técnica Annox utiliza o gás oxido nitroso, também conhecido como gás do riso. Um grande beneficio do óxido nitroso é o fato de possuir rápida absorção e eliminação (seus efeitos atingem o pico após aproximadamente 3 minutos de inalação e sua meia-vida de eliminação é de aproximadamente 5 minutos), com trabalhos mostrando que em 5 minutos já saiu da circulação 95% do gás. 

"Tenho medo de sentir dor durante a aplicação dos vasinhos" 
Não precisa mais ter medo!

Dessa forma, ele é prontamente absorvido e facilmente administrado, e seu efeito começa rápido e cessa logo após término da inalação, sem efeito residual. Além disso, ele é excretado essencialmente inalterado através dos pulmões (menos de 0,004% é metabolizado em seres humanos). Isto resulta em menor possibilidade de efeitos colaterais e interações medicamentosas, quando comparado a outros agentes anestésicos, que confere maior segurança.

 

Optamos por realizar determinada concentração, que possui a propriedade de induzir sedação consciente, reduzindo significativamente a ansiedade e o sofrimento psicológico dos pacientes durante procedimentos dolorosos.

 

Se você quer realizar secagem de vasinhos sem dor, e sem agulha, essa é a solução que você pode estar procurando.

 

Consulte seu cirurgião vascular habilitado na técnica Annox.

 
Quero marcar consulta com cirurgião vascular que faz a técnica Annox para sedação em secagem de vasinhos
 
*fonte: Use of Nitrous Oxide in Dermatology. 2018

VascularvarizesprocedimentoO que você acha deste artigo?:  5 Average: 5 (1 vote)
Categories: Medical

Dermatite ocre. Tem como clarear as manchas nas pernas?

Mon, 05/27/2019 - 12:23
Tratamento

Dermatite Ocre

As manchas nas pernas causadas pela insuficiência venosa se chamam dermatite ocre. Após o tratamento da causa, é possível o tratamento da mancha? ela clareia?

    -- transcrição --      Olá sou o Dr. Alexandre Amato cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje vou falar sobre uma das complicações das varizes que é a dermatite ocre. A dermatite ocre nada mais é do que manchas nas pernas decorrente da hipertensão venosa por um longo período. Então não é uma complicação que aparece no início da doença mas sim do meio para o final. A dermatite ocre muitas vezes incomoda esteticamente porque são manchas escuras que aparecem normalmente abaixo do joelho no tornozelo e muitas vezes por ser uma única apresentação da doença. Essa pessoa pode ser a causa da consulta então vai buscar o tratamento da Mancha na perna. Em primeiro lugar tem que descartar as outras causas de manchas na pele. Existem desde medicações e outras doenças mas sendo a insuficiência venosa a causa principal. O que tem que ser feito inicialmente é o  tratamento da causa. Não adianta tratar a mancha e deixar a causa agindo senão primeiro o que vai piorar com o tempo. Se você faz o tratamento da Mancha e deixa a causa lá a mancha vai voltar muitas vezes volta pior. Então o tratamento da causa da insuficiência venosa muitas vezes se tratar uma safena doente. Tratar uma insuficiência do sistema venoso profundo possivelmente decorrente de uma tromboflebite ou alguma coisa desse tipo. Então tratar a causa com um cirurgião vascular antes e depois tratar a mancha. Sim existe tratamento para a mancha da dermatite ocre. São vários desde o tratamento clínico com medicações tratamento tópico creme, peelings.     [00:01:51] O tratamento com luz intensa pulsada um equipamento que emite uma luz muito forte e ajuda a quebrar esse pigmento e até o último grau do tratamento que é o uso do laser. Então existe um equipamento de laser apropriado para a quebra desse desse pigmento. Então existem vários tratamentos. Existe uma sequência a ser seguida muitas vezes com o tratamento da causa. Já ocorre uma melhora significativa dessa mancha pelo menos aparentemente uma pequena melhora pode ajudar pode ser o suficiente para deixar o paciente feliz e depois para terminar é necessário fazer um tratamento clínico da Mancha com a causa já tratada. Gosta dos nossos vídeos. Curta compartilhe em nosso canal assine as notificações clicando no Sininho ali embaixo. Se você já tiver inscrito no canal que você vai receber os nossos vídeos assim que eles forem publicados. Muito obrigado. Até a próxima.Tags: Vasculardermatitemanchapernas 5 Average: 5 (1 vote)
Categories: Medical

Repouso relativo na cirurgia de varizes. O que é isso?

Thu, 05/23/2019 - 07:27
Cirurgia de Varizes

Repouso Relativo

No pós operatório da cirurgia de varizes é necessário fazer um repouso relativo... mas o que é esse repouso relativo?  

  ---transcrição --  [00:00:00] Olá sou Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje vou falar um pouquinho sobre o pós operatório da cirurgia de varizes e o famoso repouso relativo. Que o próprio nome diz sendo relativo dá margem a interpretações diferentes. Então, em primeiro lugar, sempre siga as orientações pós operatórias do seu médico. Quem a operou. Primeiro porque existem grandes variações nas técnicas cirúrgicas então não sei qual que foi realizada no seu caso e aqui eu vou falar da cirurgia com endolaser que é a cirurgia com laser por dentro da veia que é feita com anestesia local e sedação. Então vamos lá, um princípio geral de todas as cirurgias aqui ficar imobilizado ficar acamado por muito tempo é igual a risco de trombose. Então a mobilidade precoce voltar a se movimentar é sempre desejável a não ser que haja um impedimento para isso e se houver é necessário fazer algum outro meio de prevenção profilaxia de uma trombose desde medicação anticoagulante até o uso de meia elástica ou a bomba de compressão pneumática. Então, falando do repouso o ideal é sempre evitar ficar imóvel parado deitado na cama após uma cirurgia de varizes. Então quanto que eu posso caminhar quando eu posso voltar a caminhar. Então no caso da cirurgia com o laser, recuperação rápida com sedação anestesia local e sedação anestesia local não há necessidade de ficar imóvel na cama e no pós operatório. Deve-se voltar a caminhar o mais precocemente possível fazendo as atividades diárias normais. Obviamente no dia seguinte da cirurgia não vai correr uma maratona não vai fazer uma academia correr 10 km na esteira.     [00:01:55] O ideal é retornar às atividades normais lenta e progressivamente com uma semana já deve estar bem próximo das atividades normais. Até quanto que eu posso fazer. Normalmente o corpo avisa então se sentir alguma dor se sentir algum incômodo é o corpo avisando que alguma coisa está errado você exagerou um pouquinho. Então nessa hora deve se fazer um repouso e deitar. Colocar a perna pra cima e aguardar um pouquinho fazendo essas orientações muitas vezes não é nem necessário o uso de medicamento para a dor no pós operatório. Então, sempre que possível voltar às atividades normais lenta e progressivamente. Usar meia elástica que dá uma segurança é também é um fator de proteção da trombose venosa profunda. E... Regra não negociável: Seguir as orientações do SEU médico que se forem diferentes da minha podem estar baseadas em alguma outra técnica que foi realizada e não necessariamente na cirurgia com laser com sedação e anestesia local. Gosta dos nossos vídeos das nossas orientações? Clica no Sininho aqui. Assine os nossos vídeos receba informação assim que ela foi publicada. Curta nosso nosso vídeo. Compartilhe. Muito obrigado. Até a próxima.Tags: Vascularvarizesvideoamatotv 5 Average: 5 (1 vote)
Categories: Medical

Relação entre idade e fertilidade. Gerando bebês na hora certa.

Tue, 05/21/2019 - 20:15
Fertilidade

idade da mulher

Conforme a mulher ultrapassa os 30 anos, e especialmente os 35 anos, a fertilidade diminui de forma importante. Existem também riscos relacionados à gestação, como aborto espontâneo, complicações da gravidez e doenças como a síndrome de Down aumentam de forma significativa. Nesse vídeo Dra. Juliana Amato (CRM 106072 RTE 082356) explica em detalhes, como a idade afeta negativamente a fertilidade da mulher.

Tags: fertilidadeamatotvvideoreprodução assistidareprodução humana 5 Average: 5 (1 vote)
Categories: Medical

Compressão Pneumática Intermitente. Bomba! Trata Inchaço.

Thu, 05/16/2019 - 14:26
Inchaço

Compressão Pneumática Intermitente

O que é e para que serve esse aparelho de bomba de compressão pneumática intermitente?   O Dr Alexandre Amato (CRM 108651) Cirurgião Vascular do Instituto Amato explica o que é essa técnica e para que ela serve.

Tags: amatotvVascularvideocompressão 0 Sem avaliações
Categories: Medical

Workshop para Secretárias

Thu, 05/02/2019 - 11:57

Fizemos nosso 1˚ Workshop para Secretárias no dia 27 de abril. Foi um sucesso. Turma excelente.
 

0 Sem avaliações
Categories: Medical